Estacas tipo Raiz

 

Perfuração

A perfuração do solo é realizada pela rotação de tubos de revestimentos acoplados em um equipamento que opera através sistema mecânico e hidráulico. Esse processo requer auxílio de circulação de água que é injetada pelo interior da tubulação, retornando à superfície pela parte interna e também pela externa, interstício anular que se forma entre o revestimento e o solo.

O primeiro elemento tubular é provido de uma sapata cortante, a qual pode, eventualmente, ser constituída de pastilhas de “wídia” ou diamante, caso seja necessário perfurar solos mais resistentes, rocha ou elementos de alvenaria e concreto. O revestimento deve ser instalado em toda a extensão da perfuração, porém, se as características do solo permitirem podem ser revestidas parcialmente. Neste caso prossegue com o tricone, ferramenta de corte utilizada para perfuração e limpeza do fuste.

 

Instalação da Armadura

Assim que a perfuração atingir a profundidade determinada em projeto, é feita a limpeza do furo através da injeção contínua de água, utilizando tubos de PVC ou Tricone.

A armadura, montada com barras de aço e estribo helicoidal, é instalada no interior da tubulação e deve compor todo o comprimento da estaca. Para o caso de estacas com diâmetro menor que 160 mm, as barras são dispostas em feixe e devem ser dotadas de espaçadores.

 

Injeção de Argamassa

São utilizados para injeção de argamassa, tubos de PVC com diâmetro de 1 ½ acoplados numa mangueira de injeção e num misturador de argamassa, e de comprimento correspondente ao da perfuração. A injeção é feita de baixo para cima até que a argamassa extravase pela parte superior da tubulação, garantindo assim, a expulsão da água ou lama.

Com auxílio da perfuratriz, os tubos de revestimento são extraídos e o nível de argamassa deve ser completado. Se a bomba de injeção proporcionar uma pressão de 0,3 Mpa , não há necessidade de aplicar golpes de ar comprimido.

 

 

São Paulo

 Tel.    (11)    4742-2713

Nextel. (11) 9.4766-8747